Uma paixão em azul e branco

Prato chines

Ela foi inventada pelos chineses, copiada pelos holandeses e transformada em verdadeiro símbolo nacional pelos portugueses. Estou falando da porcelana azul e branca, que é uma verdadeira paixão! Minha inclusive.

Afinal, essa combinação de cores é clássica, atemporal, e está intimamente ligada na nossa história e cultura. Quem não tinha uma avó ou mãe que adorava sua louça com desenhos em azul?

Tudo começou na China. Mestres ceramistas do início do século XIV descobriram com os persas o óxido de cobalto, um pigmento cinza que, quando aplicado na porcelana branca e queimado, dava um lindo tom de azul, que ficava mais forte ou mais fraco de acordo com a pincelada. Pronto, acabava de ser criado um clássico das mesas e decorações mais sofisticadas do mundo.

Vasos em estilo chinês, lindos como cachepots para flores.
Vasos no estilo tradicional chinês, lindos como cachepots para flores.

Durante a dinastia Ming (13681644) a louça azul e branca, com motivos de flores e animais, foi um dos maiores produtos de exportação da China para toda a Ásia, oriente médio e principalmente para a Europa.

Os portugueses gostaram tanto que a Companhias das Índias orientais chegava a fazer encomendas sob medida para os clientes: os artesãos chineses pintavam desenhos copiados de gravuras ocidentais enviadas a eles da Europa.

Img_Apoio2
A louça seichelles – uma releitura moderna dos desenhos florais chineses – combina bem com o turquesa dessa mesa de praia, sobre sousplat em concha capiz e jogo americano annulus, com talheres alladin ivory . As taças de vidro azul são da liquidação de verão. 

Foi inspirada na louça chinesa que a tradicional porcelana holandesa – também em tons de azul no fundo branco – surgiu. A famosa Royal Delft é até hoje tradicional da região. Foram os holandeses também que desenvolveram uma linha de azulejos na mesma cor, depois importados pelos portugueses para decorar as paredes de quintas e castelos (sim, os primeiros vieram da Holanda)!

Algumas peças da coleção Mix and Match remetem ao delicado estilo holandês.
Algumas peças da coleção mix and match chinoiserie bleu remetem ao delicado estilo holandês, como esse bowl. O jogo americano dupla face, da mesma coleção, apoia o sousplat de vidro dot e os copos bico de jaca azuis. Porta guardanapo em rattan.

Hoje, não é preciso ter uma peça da dinastia Ming para abusar beleza do azul e branco, ainda bem. As louças bleu et blanc fazem bonito na mesa, mas inspiram também peças de decoração, quadros e até almofadas.  (E ultimamente elas tem ganhado as ruas como estampas de vestidos, blusas e calças da moda.) Fica lindo misturar várias estampas diferentes ligadas pela mesma cor, como na linha Mix and Match de louças que eu trouxe este ano. Crie a sua mistura!

As almofadas também servem e suporte para os desenhos azuis.
As almofadas da linha medalhão servem de suporte para os desenhos azuis florais inspirados na porcelana.
Uma decoração toda em azul e branco: clássica e atemporal.
Uma decoração toda em azul e branco. Os abajures botanic blue, em porcelana, iluminam o ambiente. Sobre a mesa de centro seoul, com tampo em concha penshel, dois potes vintage pharmacy, em cerâmica, dividem  espaço com a louça e o vaso de flores.

 

24 Comentários

  • Celina Meneguetti
    10 de maio de 2014 12:28

    Estou procurando gravuras em Azul e Branco para quadros.
    Gostaria colocar como decoração na minha sala de almoço.
    Minha preferência é por gravuras de vasos, ou louças em azul e branco.
    Em caso afirmativo, entrem em contato para vermos a forma de paga
    Mento e remessa dos mesmos, pois sou de Maringá-Pr. Obrigada
    Celina

    • admin
      12 de maio de 2014 9:03

      Celina,

      Por favor entre na nossa loja virtual no site (www.ceciliadale.com.br). Lá você pode ver todos os quadros que temos e comprar online. Se o produto que você quiser estiver marcado como indisponível no site, entre em contato com ana.cecilia@ceciliadale.com.br, a responsável pelo ecommerce, que procuraremos nas lojas físicas para você.

      Obrigada,

      Sylvia Dale
      Comunicação Cecilia Dale

  • Beatriz E C Pessoa
    17 de março de 2014 21:05

    Adorei saber mais detalhes da historia desta louça antiga, linda e sempre charmosa. É uma das minhas prediletas, me remete sempre a infancia , me lembrando a casa da minha avo, tia etc. Gostei muito das sugestões sempre especiais , refinadas e de muito gosto desta loja linda !!!

Deixe uma resposta

top